Mundo Aflora

Minha história contada por mim, Esther.

Olá, meu nome é Esther, eu e minha família moramos na zona leste de sp, somos em 9 no momento, mas já tiveram mais habitantes em casa, rs! A minha infância foi boa por um tempo, até que minha mãe se separou do meu pai que bebia demais, usava drogas e ficava agressivo.

Com 11 anos já comecei a trabalhar: distribuía panfletos, vendia balas, auxiliava na cozinha para ajudar na renda. Por um bom tempo, isso me ajudou, mas eu via que as necessidades eram grandes dentro de casa, eu precisa ganhar mais.

Moro em uma comunidade ao redor do crime e do trafico, eu estava mais vulnerável e infelizmente meu desespero falou mais alto. Quanto percebi eu estava envolvida até o pescoço. Muitas vezes vi minha mãe de joelhos pedindo para eu não ir…

Eu estava cega pelo dinheiro “fácil”, pelas “amizades”, até que um dia… Fui presa por tráfico. Fiquei 3 meses na up e 10 na Internação Na Fundação Chiquinha Gonzaga. Esse foi o momento de colocar a cabeça no lugar, (completei 18 anos lá dentro). Foi um tempo difícil, contudo, também importante pra eu perceber que minha mãe e família eram meus verdadeiros amigos.

Eu não enxergava oportunidades antes do @mundoaflora_org, foi ali que me agarrei e comecei ter uma visão diferente. Com ajuda de todos, consegui uma entrevista como jovem aprendiz na @googlebrasil. Hoje falo como ex-detenta, e funcionária dessa empresa SHOW que um dia gerou esse despertar de sonhos possíveis em mim.

Independente do lugar onde você e seus sonhos se encontram, NÃO DESISTA. Aproveite as oportunidades e anjos que aparecerem em seu caminho. Muito obrigada à todos do @mundoaflora_org vocês sempre serão parte da minha história.

🌻 A Kimoh é parceira do @mundoaflora_org que trabalha para que visões meninas sejam ampliados e respeitados. Vamos juntos? Apoie, doe, seja um voluntário. Arte: @quarentine.illustration

Veja também

Olhar e ver: o poder do encontro

Helena Kalantzopoulos Bretos Durante uma oficina do Instituto Mundo Aflora, um voluntário usou o nome de Josi* em um dos

Meu voluntariado do IMA

Tony Silva Em meados de 2020, durante a pandemia, decidi me voluntariar no Mundo Aflora. Já conhecia a causa por

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quer nos apoiar ?

Clique no botão para ir para a página de doações
© 2021, Mundo Aflora. Todos os direitos reservados
CNPJ: 26.159.982/0001-52