Pular para o conteúdo

Quem Somos

Sobre Nós

O Instituto Mundo Aflora vem impactando a vida de centenas de pessoas que estão ou estiveram em medidas socioeducativas nos centros femininos, oferecendo oportunidades para que as adolescentes possam fazer novas escolhas. Por meio da elaboração de estratégias para sua reintegração, reúne parceiros com um intuito em comum: a potencialização do indivíduo. O modelo de atuação é baseado em vínculos e autonomia e atende às necessidades das jovens provenientes das realidades mais vulneráveis, capacitando-as a ir além de suas circunstâncias para se tornarem cidadãs ativas e agentes transformadoras.

Linha do Tempo

2003

Renata Mendes começou um trabalho voluntário de yoga com a sua primeira professora de yoga, e depois se tornou coordenadora do Projeto Aparigraha, no centro feminino socioeducativo Chiquinha Gonzaga, da Fundação CASA, em São Paulo. Seu objetivo era ajudar adolescentes a lidarem com o momento de privação de liberdade e dar-lhes um momento de alegria, paz e autoconsciência. Esse projeto continua presente nas atividades do Mundo Aflora.

2016

Após uma pós graduação em Gestão de Inovação Social, Renata Mendes e Sonia Mendes fundaram o Instituto Mundo Aflora, com a visão de contribuir para a construção de uma sociedade em que todos as jovens tenham chances para realizar seus projetos de vida. Assim, a iniciativa passou a promover oportunidades para a reintegração eficaz de pessoas que estão ou já tiveram em medida socioeducativa nos centros femininos para fazerem novas escolhas por meio de atividades de caráter educacional, social, cultural e de auxílio físico e psicológico às jovens.

2017

Transformando Cinza em Sonhos: O IMA organizou uma oficina para pintar e transformar as paredes de um dos centros femininos da Fundação CASA, com a participação de 18 artistas e 17 menina(e)s da unidade com o apoio da BrazilFoundation.

2018

1º Seminário de Trauma e Justiça Juvenil no Brasil: Com o intuito de informar e conscientizar a sociedade sobre o ciclo de trauma na vida de pessoas que estão ou estiveram em privação de liberdade nos centros femininos, o Mundo Aflora organizou o seminário com a renomada psicóloga estadunidense Dra. Stephanie Covington, reunindo 198 participantes representantes do poder público, iniciativas sociais e setor privado, e 4.000 pessoas acompanharam esse evento pelas mídias sociais.

2019

Seminário WomanWill Google para menina(e)s em medida socioeducativa: Workshop que durou 4 dias, com a parceria do Google e da Rede de Mulheres Empreendedoras, realizado pela primeira vez para 24 meninas que estavam ou estiveram em medidas socioeducativas. Programa De Olho nos Talentos: 40 atividades implementadas que envolveram mais de 340 indivíduos e voluntários corporativos. Implementação piloto Programa Vozes: primeira metodologia com olhar específico para meninas e jovens mulheres dentro de medida socioeducativa. Participação no Comitê Paulista pela Prevenção de Homicídios de Adolescentes.

2020

Começamos o ano com as atividades de férias dentro dos centros femininos com programa De Olho nos Talentos, mas em março, junto com o resto do mundo fomos convidadas a ver criativos para sobreviver e manter a conexão com as pessoas que atendemos. Para diminuir a distância e isolamento com as jovens dentro dos centros, criamos o programa #Mundo Aflora Convida, fazendo entrevistas online com especialistas sobre assuntos que as jovens escolheram. Também realizamos o Seminário Resultados Vozes, para mostrar os resultados da pesquisa feita pela PUC-SP. Para ajudar quem já estava no mundão, entregamos cestas básicas, auxílio de gás e internet para nos mantermos conectadas. Esse foi o ano que contamos com o maior número de doações, engajamento e voluntariado, porque sem isso nosso trabalho não acontece.

2021

Esse foi um ano de muitas comemorações. Começando pelos 5 anos do IMA, com o show do Rogério Flausino e Sideral, Marcia Castro e Marília Lopes, o reconhecimento da nossa causa com o Prêmio Visionaris de Empreendedora social do ano pelo Banco UBS e a capacitação do Programa VOZES! Multiplicadores para 33 mulheres ao redor do Brasil, alcançando a implementação da metodologia em três Estados. Estabelecemos parceria com o Hospital Albert Einstein, no setor de diversidade, além de uma colaboração comprometida com os voluntários corporativos da HP no Programa De Olho nos Talentos e também letramento digital em parceria com o Somas. Sem contar com a incrível consultoria jurídica pró-bono do Mattos Filho e o apoio institucional da Madeira Bonita. E para finalizar o ano, no Dia Internacional dos Direitos Humanos, voltamos às atividades presenciais dentro da Fundação CASA e lançamos oficialmente o programa Aflora Mundão, que trabalha na reintegração para atender 15 jovens na sua saída da medida socioeducativa, e com isso, estabelecemos a parceria com o Borboleta Azul, para os atendimentos psicológicos das menines e seus familiares. E participamos da elaboração do Gibi de pós medida junto ao Comitê Paulista pela Prevenção de Homicídios de Adolescentes.

2022

Esse ano está especial. Voltamos as atividades dentro dos centros femininos com nossos parceiros e três estados implementaram o programa Vozes. Na parte de articulação de rede e advocacy, fazemos parte do Comitê Paulista pela Prevenção de Homicídio de Adolescentes, Conselho de Medida Socioeducativa do Estado de São Paulo, Agenda 227 pelo grupo de trabalho de gênero e medida socioeducativa, e Coalizão pela Socioeducação.

Impacto

Utilizando uma abordagem baseada em gênero e oportunidades, as atividades do Instituto Mundo Aflora contribuem para desenvolver habilidades sociais, profissionais e de direitos humanos.

As atividades do Instituto Mundo Aflora já impactaram aproximadamente 6.900 menina(e)s e jovens mulheres provenientes de realidades vulneráveis. Acreditamos que ao redefinir o conceito de medidas socioeducativas, por meio de iniciativas humanizadas que ajudem menina(e)s a desenvolverem habilidades socioemocionais para superarem as situações de trauma por elas vivenciadas, e facilitando-lhes treinamentos específicos para desenvolver habilidades de empregabilidade e geração de renda, conscientização de direitos e apoio de redes, pode levá-las a novas decisões e oportunidades de vida, quebrando o ciclo da crime e da pobreza.

Resultados desde 2016 :

0
Menina(e)s em liberdade entraram em contato com o IMA e receberam algum tipo de apoio
0
Parceiros ativos que são responsáveis por atividades dentro e fora do sistema socioeducativo
0
Atendimentos dentro dos centros femininos socioeducativo
0
Horas de trabalho pró bono cedidas pela equipe do IMA

A atuação do Instituto Mundo Aflora está alinhada aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU da seguinte forma:

ODS 5 •

IGUALDADE DE GÊNERO | Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas.

Promover igualdade de gênero e potencializar meninas e mulheres provenientes de realidade vulneráveis para que possam fazer novas escolhas.

ODS 10 •

REDUÇÃO DAS DESIGUALDADES | Empoderar e promover a inclusão social, econômica e política de todos.

Nossas ações almejam reduzir as desigualdades sociais entre o público atendido e a sociedade em que está inserido.

ODS 16 •

PAZ, JUSTIÇA E INSTITUIÇÕES FORTES | Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis.

O Instituto Mundo Aflora almeja contribuir para uma sociedade inclusiva e de paz, promover acesso para todes no sistema de justiça e participar da construção de instituições responsáveis e inclusivas em todos os níveis.

Equipe

Renata Mendes, fundadora e presidente

Débora Domingues, coordenadora Administrativo e Financeira

Helena Kalantzopoulos Bretos, coordenadora Programa Aflora Mundão

Andrea Broglia Mendes, diretora executiva

Gabriela Latorraca,
coordenadora do Programa De Olho nos Talentos

Stella Ottegy,
coordenadora Geral de Programas

Voluntária(o)s

Carla Lobo, colaboradora

Izabella Iais, articulação e parcerias

Siboney Moreira da Silva, gestão de pessoas e planejamento

Débora Crivellaro, coordenadora de comunicação

Lucas Neustadt, tradução para inglês

Lucas Mano, designer

Atualmente, grande parte do trabalho é feito a partir de uma base de voluntários. Agradecemos todes que já passaram pelo IMA e seguem nos apoiando de forma pontual ou recorrente.

Governança

O conselho fiscal é integrado por Pedro Dorlhiac, economista e Patricia Ferraz Dorlhiac, advogada.

O conselho consultivo é composto por membros com experiência em direito, finanças, estratégia de negócios para instituições sem fins lucrativos, medida socioeducativa, empreendedorismo, estudos sociais e juventude:

Fernando Ribeiro

Flavia Mange

Marília Gessa

Mayara Silva de Souza

Patrick Dufour

Renata Alves

Sonia Mendes

O Instituto Mundo Aflora conta, ainda, com uma rede de sete especialistas para consultoria contábil, jurídica pró-bono do Mattos Filho, bem como sobre impacto social.

© 2021, Instituto Mundo Aflora. Todos os direitos reservados